FOTO 1 ABERTURA SEM LEGENDA

IAC-CE em Parceria com a SPS Promove a Inclusão Digital

Ouça este conteúdo:

 

Robótica para crianças e adolescentes promove o estímulo completo do campo cognitivo

As aulas são desenvolvidas em Laboratório de Robótica equipado com 10 computadores e 10 kits de Robótica

No último trimestre do ano passado, o Instituto de Arte e Cidadania do Ceará (IAC-CE) firmou parceria com o Governo do Estado do Ceará, por interveniência da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), objetivando a execução do Projeto Inclusão Social e Produtiva – Inclusão Digital que visa promover o desenvolvimento de ações de inclusão social de crianças, adolescentes, jovens e adultos nas áreas de Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDICs), nos territórios de abrangência dos Complexos Sociais Mais Infância do Estado do Ceará.

Na prática, o público alvo do Projeto Inclusão Social e Produtiva – Inclusão Digital tem acesso a cursos de robótica e informática. No último dia 29 de março, ocorreu o primeiro dia de aula no Complexo Social Mais Infância Romara Maria Santana de Macedo Vasques, localizado no município de Barbalha, inaugurado no último dia 5 de março. Essa nova unidade, a primeira fora da capital Fortaleza, vem somar às unidades já em atividade desde o ano passado, localizadas nos bairros Cristo Redentor e João XXII.

O Complexo Social Mais Infância estrutura-se como estratégia favorável para inclusão social e tecnológica

Complexos Sociais Mais Infância (CSMI) atendeM crianças, adolescentes, jovens e adultos

A oferta de cursos de Robótica acolhe crianças de 10 a 14 anos, estudantes da rede pública de ensino, residentes nas áreas do entorno de um Complexo Social Mais Infância, inscritas no CadÚnico, com preferência àquelas cadastradas no Programa Auxílio Brasil e/ou Cartão Mais Infância Ceará. Suelem Noronha, Assistente Social do IAC-CE, que está à frente do projeto, destaca que as aulas de Robótica “ para crianças e adolescentes promove o estímulo completo do campo cognitivo, auxiliando o desenvolvimento de diversas habilidades que serão úteis para o seu aprendizado, inclusive escolar, auxiliando no desenvolvimento do senso de organização, contribuindo para que os educandos tenham um comprometimento maior e desenvolvam o seu senso de responsabilidade, com paciência e disciplina para aceitar opiniões diversas e respeitar cada membro que compõe os grupos que estão inseridos”, finaliza.

A criação de robôs interativos faz com que os alunos interajam com suas criações através da adição de animações e sons

Robótica melhora a concentração, a atenção, a persistência e as habilidades interpessoais

Para participar das turmas de informática é necessário ter a partir de 15 anos, ser estudante ou ter concluído o ensino médio na rede pública de ensino, e residir nas áreas do entorno de um Complexo Social Mais Infância, estar inscrito no CadÚnico, com preferência aqueles cadastrados no Programa Auxílio Brasil e/ou Cartão Mais Infância Ceará.

O Instituto de Arte e Cidadania do Ceará (IAC-CE) está certo de que essa parceria com o Governo do Estado do Ceará, por interveniência da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), fomentando ações de inclusão e social e produtiva e em novas TDICs dos CSMI, insere-se no contexto de transformações sociais, econômicas, tecnológicas e trabalhistas em que o acesso à cidadania, aos direitos sociais e aos direitos econômicos podem ser garantidos, também, por meio da inclusão social e tecnológica.

O Instituto de Arte e Cidadania do Ceará (IAC-CE) está certo de que essa parceria com o Governo do Estado do Ceará, por interveniência da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), fomentando ações de inclusão e social e produtiva e em novas TDICs dos CSMI, insere-se no contexto de transformações sociais, econômicas, tecnológicas e trabalhistas em que o acesso à cidadania, aos direitos sociais e aos direitos econômicos podem ser garantidos, também, por meio da inclusão social e tecnológica.

Clicando nos Links Abaixo Assista Matérias nas TVs Sobre Esse Projeto:
TV Cidade: https://youtu.be/UIUz0mf_934
TV Jangadeiro: https://youtube.com/watch?v=hAxbaX-w_Vs&feature=share

Como participar:
CSMI Barbalha: inscrições abertas, início de curso dia 10/08/2022;
CSMI Cristo Redentor: inscrições abertas, início de curso dia 09/08/2022;
CSMI João XXIII: inscrições a partide de 09/08/2022, para início em setembro.
Pré-requisitos: Robótica, crianças de 10 a 14 anos; Informática a partir de 15 anos.
Documentos necessários:

Para adolescentes:
RG (ou Certidão de Nascimento)
CPF
Comprovante de Endereço
Comprovante de Escolaridade
NIS
Comprovante de Vacina contra a Covid-19
RG e CPF do responsável

Para Jovens e Adultos, a partir de 18 anos:
RG
CPF
Comprovante de Endereço
Comprovante de Escolaridade
NIS
Comprovante de Vacina contra a Covid-19
Mais Informações: (85) 3235-6683

FOTO 1 ABERTURA Sem Legenda

IAC-CE Recebe Beneficiárias Para Comemorar O Dia da Mulher

Ouça este conteúdo:

 

Mulheres de várias idades participaram de vários procedimentos de beleza

Mulheres de várias idades participaram de vários procedimentos de beleza

D. Maria Aparecida Maciel Rodrigues, 75 anos, fez designer de sobrancelha e limpeza de pele

D. Maria Aparecida Maciel Rodrigues, 75 anos, fez designer de sobrancelha e limpeza de pele

O dia 8 de março é comemorado no mundo inteiro como Dia Internacional da Mulher. Dia de lembrar batalhas, conquistas e de repensar a importância da mulher na sociedade.

O IAC-CE, em parceria com o Ministério Resgate de Vidas, promoveu, no dia 12 de março, uma manhã rica em experiências e informações sobre cuidados com a beleza, dicas para manter a saúde física e mental e o bem estar para suas beneficiárias guerreiras, além de sorteios e brindes. Em torno de 200 mulheres de várias idades estiveram na sede da instituição para aprender e experimentar vários procedimentos como o designer de sobrancelha, a limpeza de pele, a massoterapia, auriculoterapia, consulta de nutricionista, de psicólogo e aferição de pressão..

“Adorei fazer o designer na minha sobrancelha e a limpeza de pele, então… Por isso não perco nenhum evento aqui no IAC e nenhum passeio. Tudo é muito bom”, diz Maria Aparecida Maciel Rodrigues, 75 anos.

Para que todas as mulheres fossem atendidas, inicialmente elas passavam por uma triagem

Para que todas as mulheres fossem atendidas, inicialmente elas passavam por uma triagem

Aferição de pressão também estava no atendimento às mulheres, no IAC

Aferição de pressão também estava no atendimento às mulheres, no IAC

Para Margarida Lima da Silva, 51 anos, agraciada no sorteio com uma cesta básica. “Esse presente vai ajudar bastante no nosso orçamento que sempre é muito apertado. IAC é muito importante em nossas vidas com as doação de frutas, hortaliças e leite”. Dona Margarida tem uma filha de 15 anos que participa das aulas de Balé e Jazz e outra, de 18 anos, no Jovem Aprendiz.

O IAC-CE agradece ao @ministerioresgatedevidas , por essa parceria incrível, que considera muito importante para todas as mulheres beneficiárias e colaboradoras da instituição.

 

 

Margarida Lima da Silva, 51 anos, leva pra casa uma das cestas básicas sorteadas no Dia da Mulher do IAC

FOTO1 DA MATERIA RIO CEARÁ

IAC e SENAC Levam Idosos Para um Passeio de Barco no Rio Ceará

Ouça este conteúdo:

 

Emoção e cuidados no embarque no pier da Barra do Ceará

Para Benedita Raimundo dos Santos os encontros e eventos que o IAC promove são importantes

No dia 24 de fevereiro idosas que participam do projeto Rejuvenescimento Saudável, do Instituto de Arte e Cidadania do Ceará – IAC-CE, vivenciaram uma experiência inédita para muitas delas: fazer o passeio de barco ao longo do leito do Rio Ceará. Além do encontro com as amigas, das belas paisagens da Barra do Ceará, as participantes aprenderam sobre o meio-ambiente e sobre a origem do povo cearense. Esse é o projeto Conversas Flutuantes, promovido pelo Sesc /MESA BRASIL, uma oportunidade única de aprendizado e socialização, para as idosas atendidas pelo IAC-CE. “O mais importante nesse passeio é observar a paisagem, sentir a emoção durante todo esse trajeto. Fotografe para mostrar aos familiares e prestem atenção numa curta palestra que faremos e vocês sairão desse passeio sabendo um pouco mais sobre a história do nosso Ceará, ” recomendou Paulo Leitão coordenador do Sesc de Ação Social.

Maria de Lourdes Rocha, beneficiária do projeto Rejuvenescimento Saudável: “eu adoro os passeios do IAC não falto um.

Para Maria de Lourdes Rocha, 68 anos e beneficiária do projeto Rejuvenescimento Saudável, “eu adoro os passeios do AIC não falto um. E nunca fiz esse passeio no Rio Ceará, sei que vou aprender muita coisa, estou até emocionada” disse. Já para Benedita Raimundo dos Santos os encontros e eventos que o IAC promove são importantes. “Eu, por exemplo vivo só, meus filhos são grandes e casados. Aí fico livre para não perder um passeio como esse pelo Rio Ceará. Nesses passeios eu me distraio, converso e aprendo” declara.

Desembarque no restaurante Albertus para assistir as orientações antes do passeio.

Saiba mais sobre o Conversas Flutuantes

No berço do Ceará, o rio de mesmo nome recebeu os primeiros exploradores que chegaram às terras desconhecidas. Até hoje, o lugar tem uma bela paisagem, que é palco do Projeto Sesc Conversas Flutuantes. Promovido pelo Serviço Social do Comércio do Ceará (Sesc-Ce), os passeios de barco com diálogos temáticos acontecem sob o encontro do rio com o mar, na Barra do Ceará. Instituições educativas e sociais, podem solicitar participação por meio de ofício de solicitação ao Sesc. Mais informações: 85 3195.8726. Pessoas interessadas em fazer um passeio de barco pelo Rio Ceará podem agendar diretamente com barqueiros no Restaurante Albertus, Avenida Radialista Jose Lima Verde, 746, Telefone: (85) 3485.6945.

 

Berço do Ceará, o rio de mesmo nome recebeu os primeiros exploradores que chegaram às terras desconhecidas.

FOTO 1

Centro de Dança Soraya Bruna e IAC levam o melhor da MPB ao TJA

Ouça este conteúdo:

 

A impecável performance dos dançarinos emocionou o público nos dois dias de apresentação

Um espetáculo que celebra o melhor da música popular brasileira, é assim que se pode definir a apresentação “MPB – Músicas que contam histórias”, uma parceria do Centro de Dança Soraya Bruna e do Instituto de Arte e Cidadania do Ceará – IAC-CE. O espetáculo ocorreu nos dias 08 e 09 de janeiro no Teatro José de Alencar (TJA) e teve a participação de 32 crianças, na faixa etária de 8 a 17 anos. Nas plateias dos dois dias de apresentação cerca de 400 pessoas se emocionaram com as coreografias e composições da música popular brasileira.

Elza Soares, Cazuza e Maria Bethãnia são alguns dos intérpretes homenageados nas coreografias

O “MPB – Músicas que contam histórias” uni música, dança e interpretação mostrando, um pouco mais a fundo, a história de vida do brasileiro, passando por seus processos e transformações. Usando a poesia, a delicadeza e a genialidade das letras de grandes compositores para levar o público que o assiste a um misto de emoções.

A genialidade das letras de grandes compositores levou o público a um misto de emoções

A idealizadora do evento, professora Soraya Bruna explica que a escolha das músicas coreografadas considerou composições sobre temáticas variadas passando pela história política do Brasil, relacionamentos, amores e paixões, e a superação diante de adversidades que todos têm que enfrentar. Enfim, músicas e composições que não só divertem e ensinam, mas principalmente provocam reflexões e emocionam com intérpretes do calibre de Elza Soares, Maria Bethânia, Cazuza e outros.

O IAC-CE disponibilizou ônibus e equipe para levar as crianças para participarem do espetáculo.

foto 1 para abertura

IAC-CE  leva o espetáculo “O Coração de Te Fiti” ao Teatro São José

Ouça este conteúdo:

 

Maui, que dividi o protagonismo do musical com a jovem Moana, filha do chefe de uma tribo polinésia.

No dia 10 de dezembro o Instituto de Arte e Cidadania do Ceará –IAC-CE levou ao Teatro São José, o primeiro espetáculo da instituição: “O Coração de Te Fiti”.

Esse espetáculo trata-se de um musical inspirado no filme da Disney: “Moana, Um Mar de Aventuras”  e traz uma mensagem mais do que atual: Ouvir nosso coração pode não garantir a felicidade, mas ignorá-lo é um caminho certo para insatisfação.

A história

Espetáculo apresentou diversas modalidades de artes desenvolvidas no Instituto de Arte e Cidadania do Ceará –IAC-CE

O musical conta a história de Moana, filha do chefe de uma tribo polinésia, moradora de uma ilha onde as pessoas são felizes e satisfeitas. Ela se inquieta, no entanto, pois tem o desejo de ir para o mar aberto, explorar o oceano, algo proibido para eles. Mas quando os peixes começam a morrer, as frutas a secar, sua avó explica que o coração da deusa da natureza, Te Fiti, roubado pelo semideus Maui, precisa ser devolvido para vida voltar a florescer. Moana descobre então que seus antepassados eram um povo de navegadores e acaba – literalmente – embarcando numa jornada cruzando o oceano. Quando se lança ao mar, apesar de todos os perigos, ela sente finalmente cumprir seu propósito. Da mesma forma, seu povo, ao retomar sua natureza exploradora reencontra a vida que vinha minguando.

Encontro de Moama com a deusa da natureza, Te Fiti.

“Essa foi a primeira vez que nos apresentamos num teatro. Já houve apresentações pontuais, dos alunos do IAC, no bairro e em outros espaços, mas sempre pontuais. Ou seja, uma dança, uma música… Nunca algo integrando as modalidades desenvolvidas no IAC. O espetáculo contou uma história, perpassando por diversas modalidades de arte desenvolvidas no Instituto,” explica  Lorena Vitor Loureiro, coordenadora da entidade.

O espetáculo foi assistido por 380 pessoas e teve duas apresentações, sendo uma às 18h e outra às 19h30min, apenas para convidados. O elenco foi composto pelos nossos alunos e beneficiados pelo IAC-CE, desde o balé ao grupo de idosos.

Ficha técnica

Semi Deus Maui que roubou o coração da deusa da natureza, Te Fiti.

O espetáculo foi pensado inicialmente por: Lorena Vitor Loureiro (coordenadora IAC-CE). Contou com a direção artística e coreografia de Jéssica Façanha Gomes e Soraya Bruna de Mesquita da Silva. Operadores de som / Operadores de Luz: WM Produções e Eventos. Cenário: Expresso Fantasia. Adereços e ornamentos: Raimundo Sergio Pinto de Menezes. Figurino: Expresso Fantasia, Erlandia Martins. Fotografia e Filmagem: Edu Foto & Video. Montagem: WM Produções e Eventos

Professores do IAC-CE envolvidos: Jéssica Façanha Gomes (ballet), Soraya Bruna de Mesquita da Silva (jazz), Felipe Victor Aragão da Silva (música), Rita de Cássia Pereira Matias (grupo de idosas) e Gleidson Gomes Linhares (capoeira).

Divulgação e mídias sociais: Nathalia Rebouças
Arte gráfica: Nathalia Rebouças e Jéssica Façanha Gomes
Direção de Produção: Lorena Vitor Loureiro
Assistente de produção: Vanusia dos Santos Braga
Realização: Instituto de Arte e Cidadania do Ceará – IAC-CE
Apoio: Secretaria de Cultura de Fortaleza – SECULTFOR