WhatsApp Image 2023-09-18 at 10.44.43

Certificação da segunda turma de robótica no Complexo Social Mais Infância do Curió com a presença de secretários

Estudantes da rede pública de ensino e moradores do bairro Curió e áreas circunvizinhas que participaram da segunda turma de robótica no Complexo Social Mais Infância do Curió receberam, no último dia 15 de setembro a visita da Secretaria da Proteção Social, Onélia Santana e do Secretário Nacional de Assistência Social André Quintão que esteve em Fortaleza para conhecer o Complexo Mais Infância do Curió como também participar da entrega de certificados e kits instrumentais de trabalho para concludentes de cursos de qualificação profissional.

As atividades de robótica fazem parte Projeto Inclusão Social e Produtiva – Inclusão Digital que visa promover o desenvolvimento de ações de inclusão social de crianças, adolescentes, jovens e adultos nas áreas de Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDICs), nos territórios de abrangência dos Complexos Sociais Mais Infância do Estado do Ceará. Uma parceria do Instituto de Arte e Cidadania do Ceará (IAC-CE), Governo do Estado do Ceará, por interveniência da Secretária da Proteção Social-SPS.

Para Nathália Rodrigues, coordenadora que está à frente dessa ação transformadora do IAC, “É muito gratificante fazer parte da transformação da vida dos beneficiários através da educação. Afirmo que o projeto de Inclusão Digital oportuniza a ascensão de tecnologias aplicadas ao ensino para crianças e jovens, usando elementos fundamentais da aprendizagem básica com princípios físicos de mecânica, eletricidade segura e eletrônica, além de aguçar o raciocínio lógico e matemático de forma lúdica motivando a aprendizagem desses beneficiários”, destaca, Nathália.

Ela explica a mecânica do trabalho: “O IAC enquanto OSC executora, trabalha em parceria com todos os atores envolvidos no projeto, visando garantir a excelência na execução conforme pactuado no termo vigente. Atendemos as demandas das unidades, pois cada complexo tem sua realidade. Atuamos ativamente como os gestores, inovando com ideias atrativas para atender crianças, jovens, adultos e idosos que participam dos cursos, e também ouvimos a comunidade no que diz respeito ao que está sendo ofertado”, revela a representante do IAC

Para Danilo Jefferson, professor de Robótica Educacional, os impactos dessas aulas dinâmicas e interativas para crianças e adolescentes, têm como principais benefícios “promover o trabalho em equipe; a organização do raciocínio lógico; o aprimoramento da coordenação motora; estimula a comunicação para debater e apresentar sobre o projeto com o grupo além de desenvolver outras habilidades, especialmente socioemocionais, que são exigidas pelas empresas, como trabalho em equipe e criatividade, e ainda a resiliência, visto que esse aprendizado prático mostra aos alunos que os erros fazem parte do processo e que desistir não é uma opção. É importante entender em que ponto houve a falha para melhorar na próxima tentativa,” conclui o professor.

Ravi Miguel, 10 anos, quarta série: “Eu vim pra robótica, por causa da Kids, um modulo anterior e este que conclui agora. Na Kids, a gente só aprendeu a montagem dos peças menores. E aí, nessa outra, a gente aprendeu a montar maiores robôs. Aprendemos a fazer coisas diferentes. Gostei demais e por isso farei outros cursos em Informática também.”

Para Maria Eduarda, 13 anos, aluna da oitava série: “A robótica foi apresentada na escola e eu achei muito legal e resolvi experimentar. Essa experiência pode me levar para vários lugares principalmente porque a gente mexeu com programação e eu gostei muito e isso com certeza abrirá caminhos.”

Já Rayanne Oliveira, 14 anos, nona série: “a robótica me chamou atenção e me surpreendeu por que aprendemos a trabalhar em equipe, com programação além da tecnologia junto com a informática. E como eu quero trabalhar com marketings digital, então isso vai me ajudar muito. “

Além da Robótica, o Projeto Inclusão Social e Produtiva – Inclusão Digital promove aulas de informática; Gestão de Redes Sociais; Software de Edição de Textos; Software de Edição de Planilhas Eletrônicas; Software de Edição de Apresentações; Educação Financeira; Marketing Digital; Empreendedorismo Digital; Inglês Básico; Manutenção e Suporte em Informática; Inclusão Digital para Pessoas Idosas; Inclusão Digital para Crianças; Desenvolvimento de Sistemas da Informação.


Público Atendido nos cursos do Projeto Inclusão Social e Produtiva – Inclusão Digital

Robótica: Crianças e adolescentes, com idade entre 07 e 14 anos, estudantes da rede pública de ensino, moradores das áreas circunvizinhas dos Complexos quais sejam inscritos no CadÚnico.

Informática: Crianças, adolescentes, jovens e adultos, moradores das áreas circunvizinhas dos Complexos quais sejam inscritos no CadÚnico.

Faixa Etária:
Robótica educacional Iniciante- idade 10 a 14 anos
Robótica kids –  7 a 9 anos
Inclusão digital para crianças – 7 á 14 anos
Cursos de informática – a partir de 15 anos

Público Alvo:
Crianças, adolescentes, jovens e adultos.
Documentação Necessária para Inscrição: Registro Geral (RG), CPF, Número de Identificação Social (NIS), Comprovante de Endereço, Comprovante de Escolaridade e de Vacinação contra Covid-19.


Locais onde ocorrem as aulas do Projeto Inclusão Social e Produtiva – Inclusão Digital

Complexo Social Mais Infância do Curió. Endereço: Rua Paulo Freire, s/n, Curió, Messejana
Complexo Social Mais Infância do João XXIII. Endereço: Rua: Araguaiana, 77 – João XXIII.
Complexo Social Mais Infância Cristo Redentor. Endereço: Rua: Camélia n° 450 bairro – Cristo Redentor
Complexo Social Mais Infância Barbalha. Endereço: Av. Jules Rimet s/n- Vila Santo Antônio, Barbalha

OBS: As inscrições devem ser feitas presencialmente.

Os comentários estão fechados.