WhatsApp Image 2024-02-29 at 16.41.20

IAC-CE recebe da Alece o primeiro lote de equipamentos para programa Ceará sem Fome, no Jardim Guanabara

No início da tarde da quarta-feira passada, dia 28 de fevereiro, o Instituto de Arte e Cidadania do Ceará – IAC-Ce, recebeu da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Alece),  equipamentos para cozinhas do Ceará Sem Fome, programa permanente de combate à fome, de iniciativa do Governo do Estado. 

Esse será o primeiro de sete lotes de equipamentos que serão doados pela Alece para estruturar as cozinhas comunitárias, dentre as 48 Unidade Gerenciadora das Unidades Sociais Produtoras de Refeições (USPRs), administradas pelo IAC. A primeira unidade comtemplada foi a USPR FACIS, que faz parte de Lote 1 e localiza-se Rua Pe. Teodoro, 996,  no bairro Jardim Guanabara.

Participaram da entrega dos equipamentos a presidente do IAC-Ce, Monalice Araújo, acompanhada de boa parte da equipe do instituto; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Evandro Leitão, demais parlamentares da Casa, representantes do Governo do Estado e membros do Comitê Intersetorial de Governança do Ceará Sem Fome, presidido pela primeira-dama do Estado, Lia de Freitas.

Em sua fala, Monalice Araújo, agradeceu em nome da instituição, primeiramente, a Deus, à sua equipe, tão comprometida com propósito social do IAC, e a todos os parceiros e colaboradores do programa Ceará Sem Fome. Por sua vez, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado, Evandro Leitão, ressaltou o trabalho do IAC-Ce no programa e a importância da contribuição e do trabalho para o sucesso do Ceará Sem Fome, de todos presentes no evento.

Para o programa Ceará Sem Fome, a Alece está doando equipamentos como freezers, liquidificadores, fogões industriais, refrigeradores, frigideiras, panelas, entre outros utensílios. A doação reforçará o trabalho que vem sendo realizado pelo Governo do Estado, por meio da atuação de 1.080 cozinhas que fornecem mais de 100 mil refeições diárias para os cearenses em situação de vulnerabilidade social.

Ao longo das próximas semanas, serão entregues mais utensílios e eletrodomésticos de acordo com a necessidade de cada cozinha credenciada e contemplada em Fortaleza pelo programa Ceará Sem Fome. Dentre as próximas contempladas está a USPR Projeto Amigos de Deus, do IAC, que faz parte lote 06 e fica  localizada na Rua Humberto Lomeu, 2074, Granja Lisboa.

O Ceará Sem Fome é um programa do Governo do Ceará para levar comida saudável à mesa de cearenses em situação de extrema pobreza.  O objetivo é combater a fome através de diversas instituições (públicas e privadas) e do engajamento da sociedade civil, por meio de ações e políticas públicas para alimentar de forma saudável a população mais carente do estado.

WhatsApp Image 2024-02-16 at 13.52.47

Horta Social promoveu a 4ª colheita do ano, nesta sexta-feira(16/02), com a presença de secretário e canais de TV

O projeto Horta Social, iniciativa da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), em cogestão com Instituto de Arte e Cidadania do Ceará (IAC-CE), realizou,  nessa sexta-feira (16/02), a partir das 7h, a distribuição de hortaliças, no Conjunto Ceará.

Na colheita de hoje foi entregue  1 tonelada de hortaliças (couve manteiga, alface e coentro) mais pimenta de cheiro para cerca de 284 beneficiados do projeto e residentes no bairro Conjunto Ceará e adjacências. O evento contou com a presença do secretário dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), Francisco Ibiapina e vários canais de TV: TV Verdes Mares ( Bom Dia Ceará), TV Cidade,  TV Jangadeiro e TV Terra do Sol. Abaixo estão os links das matérias.

O Projeto Hortas Sociais promove o acesso a alimentos saudáveis em áreas de insegurança alimentar por meio do cultivo e fomento da agricultura urbana. Uma atividade de promoção de segurança alimentar que distribui hortaliças orgânicas, atingindo um total de 2.400 beneficiados que residem no Conjunto Ceará, na Granja Portugal e Conjunto Palmeiras, locais onde estão instaladas as quatro estufas do projeto.

Além dos idosos beneficiados com o recebimentos de hortaliças, muitos deles cadastrados desde 2016, início das Hortas Sociais, o projeto prioriza pessoas em situação de insegurança alimentar que são cadastradas e encaminhadas pelos Centros de Referência da Assistência Social que atuam no território onde as Hortas Sociais.  As pessoas cadastradas também podem participar do plantio das hortas em atividades realizadas nas estufas.

Número de 2023

Em 2023, o projeto Hortas Sociais produziu mais de 45 toneladas de alimentos que foram destinados a pessoas idosas e em insegurança alimentar. Essas hortaliças foram distribuídas em 38 colheitas no decorrer do ano passado. Em 2024, até a data de hoje (16/02), o projeto Horta Social já promoveu quatro colheitas, distribuindo mais de quatro toneladas de hortaliças, entre alface, couve manteiga, coentro, pimenta de cheiro, maxixe e tomate cereja.

Novos investimentos

Atualmente, o projeto conta com quatro estufas, sendo duas no Conjunto Ceará, uma no Conjunto Palmeiras e uma na Granja Portugal. Além destas, a Prefeitura de Fortaleza está implantando mais três hortas sociais na Capital, que devem ser entregues em 2024 e beneficiar 400 pessoas em cada colheita.

Uma delas, no bairro Jacarecanga, já está com 85% dos serviços concluídos. As demais estão localizadas na Sapiranga e no Conjunto Habitacional Alameda das Palmeiras. Em dezembro de 2023, foi lançado edital para investimento no valor total de 3.195.312,98 para a manutenção das sete estufas.

Endereços das Hortas Sociais:

Conjunto Ceará
Endereço: Av. F, 580 – vizinho ao Colégio João Nunes (próximo ao Corpo de Bombeiros)

Conjunto Palmeiras
Endereço: Av. Castelo de Castro, 2842 (ao lado do posto de saúde Evandro Ayres de Moura)

Granja Portugal
Endereço: Rua Humberto Lomeu, 1120 (próximo ao CRAS)

WhatsApp Image 2024-02-08 at 10.19.18 (1)

IAC-Ce promove a geração de renda na comunidade do Antônio Bezerra com cursos de estética

A experiência de geração de renda em comunidades menos favorecidas economicamente é capaz de transformar a vida de muitas famílias e a realidade local. Essa ação transformadora promove melhoria financeira proporcionando benefícios diretos para o indivíduo, para a família, para a sociedade e a comunidade em geral.

Atento a essa potência que é a capacitação para gerar renda em comunidades, o Instituto de Arte e Cidadania do Ceará promove cursos de manicure, pedicure e alongamento de cílios capacitando pessoas, em sua maioria mulheres, que buscam adquirir habilidades e trabalho para compor a renda.

“Já estamos há quase três meses nesse curso de manicure e pedicure e percebe-se uma evolução de nossas alunas, e logo que concluírem o curso estarão aptas a atender e conquistar uma boa clientela”, aposta Ana Paula, instrutora do curso.

Além da expectativa pessoal com o próprio desenvolvimento profissional através do treinamento de manicure, pedicure e alongamento de cílios, iniciativas de geração de renda, como essas promovidas pelo IAC, são fundamentais para que as pessoas não precisem esperar ações do governo nem dependam de ajuda assistencial.

“Eu quis fazer esse curso para ter mais um conhecimento, porque pra mim todo conhecimento é lucro. Penso em atender em casa, juntar o dinheiro, pois caso eu não passe no ENEM, pagarei minha faculdade,” planeja Ana Cristina Silva Rodrigues, 17 anos, estudante do Ensino Médio.

Para Stephanie Araújo, 18 anos, “a minha expectativa é aprender, porque eu sempre me interessei por estética e quero trabalhar com isso. E também pretendo fazer psicologia ou design, design de moda. E esse curso aqui no IAC é uma oportunidade para juntar dinheiro e fazer a minha faculdade, caso eu não conseguir bolsa de estudo.”

Além do curso de manicure e pedicure, uma parceria com o programa Primeiro Passo do Instituto Maria da Hora, o IAC-Ce promoveu e já finalizou o curso de extensão de cílios que faz parte do Programa Criando Oportunidades, em parceria com a Secretaria de Proteção Social – SPS.

“Foi muito bom formar mulheres cheias de vontade de crescer. Por isso quero agradecer primeiramente a Deus e segundo a todos vocês do IAC, como também às “minhas meninas” por terem me ajudado a superar minha zona de conforto, a viver tudo aquilo que até já imaginei vivendo, mas não tão cedo. Muito obrigada a todos pela confiança na minha pessoa e no meu trabalho,” declarou Yasmin Gomes.

Para mais informações sobre projetos executados pelo IAC-CE, acompanhe o Instagram (@iac.ce) ou ligue para telefone: (85) 3235-6683

ComoParticipar

 

Acompanhe a divulgação de novas vagas seguindo as redes sociais do IAC-CE.

Para fazer inscrição para o Curso de Inglês é necessário comparecer a sede do IAC-CE. Em caso de menor de idade deve estar na companhia dos pais ou responsável, apresentar RG e comprovante de endereço.

Mais Informações sobre vagas para o Acolhimento Institucional em República:

Edital 2024

EDITAL PROCESSO SIMPLIFICADO – Nº 01/2024

EDITAL

PROCESSO SIMPLIFICADO - Nº 01/2024

ATO AO EDITAL

PROCESSO SIMPLIFICADO - Nº 01/2024

II ATO AO EDITAL

PROCESSO SIMPLIFICADO - Nº 01/2024

O INSTITUTO DE ARTE E CIDADANIA DO CEARÁ – IAC-CE, no uso de suas atribuições legais, torna público, no âmbito da política de Assistência Social, que estarão abertas as inscrições do processo seletivo simplificado para contratação de 05 Gerentes, 10 Assistentes Técnicos, 10 Educadores Sociais e 05 Agentes Administrativos, para atuar no município de Fortaleza/CE, integrando a Equipe Técnica do Projeto Integrador de Ações de Prevenção à Violência de Base Territorial em Fortaleza do Programa Integrado de Prevenção e Redução de Violência do Estado Do Ceará – PReVio