PROCESSO DE AQUISIÇÃO 07/2023

Cotação para tomada de preço de menor valor global para aquisição de contrato de prestação de serviços de locação de veículo tipo VUC - Veículo urbano de carga ou VLC Veículo leve de carga, com capacidade de carga em baú de até 1.800 (hum mil e oitocentos) quilos ou de dimensões de 10m³, com combustível incluso, para transportes de insumos (logística) para as cozinhas cadastradas, no programa Ceará sem fome - Termo de Colaboração Nº 024/2023 – (Meta 1 – Etapa 1.2 - item 1.2.1 do plano de trabalho) firmado entre a SDA /IAC- CE. Nesse sentido solicitamos a essa empresa, para apresentar e encaminhar à IAC-CE proposta para aquisição dos itens conforme especificado a seguir:

07/2023

PROCESSO DE AQUISIÇÃO

IMG_7757

No Dia Nacional do Voluntariado, o IAC convida você para fazer parte dessa família

Os voluntários estão representados em diversos segmentos seja em organizações educacionais a instituições que atuam em causas emergenciais humanitárias.  São pessoas que doam seu tempo, energia e talento, de maneira espontânea e não remunerada em prol de causas sociais, motivadas por valores de participação e solidariedade.

Em 28 de agosto comemora-se o Dia Nacional do Voluntariado, e devido à relevância desse trabalho e dessas pessoas, o Instituto de Arte e Cidadania do Ceará,  IAC – CE,  rende suas homenagens  entrevistando e mostrando seus voluntários e faz um convite a toda sociedade e comunidade do seu entorno para se unirem a essa equipe tão especial.

Indira Sara é Instrutora de Artes e voluntária. “Minha experiência como voluntária no IAC tem sido de grande aprendizado, creio que aprendo muito mais do que os alunos que estão na aula. A arte tem uma grande importância na sociedade e no desenvolvimento das crianças, e tenho consciência que nem sempre se tem um fácil acesso, mas é importante democratizar essas experiências a todos.”

Para Kamilly Cavalcante que está no IAC como monitora de música: “  É muito bom! É realizador mudar a vida de tanta gente e é até uma grande responsabilidade saber que você é inspiração pra muita gente. Isso me deixa realizada por ter a oportunidade de ser benção na vida das pessoas. É uma grande família”,  declara Kamilly Cavalcante.

Como apoio administrativo, Ingrid Melo faz parte da equipe de voluntariados de diz:  “Eu gosto muito de ser voluntária, pois aprendo bastante, tenho oportunidade de conhecer histórias de vidas, trocar experiências e posso ficar perto das minhas filhas que são beneficiárias pelo IAC enquanto desenvolvo meu voluntariado. 

Gilline Martins, responsável pelo Departamento de Recursos Humanos do IAC-CE, diz que além das três voluntárias que participam dessa matéria, há também Antonio Cesar Filho, voluntário como instrutor de Karatê e Maria Edivilma de Alcântara como apoio administrativo. E informa: “O IAC procura pessoas dispostas a ajudar, geralmente tentamos encaixar dentro das suas experiências ou formação, para que possam colocar em prática e adquirirem experiência”. E para os interessados em  ter essa rica experiência, deixa um recado: nós disponibilizamos fardamento, material para os voluntários desenvolverem as atividades e ajuda de custa nas passagens. Caso alguém se interesse em ser voluntário do IAC deve mandar currículo para RH ([email protected]) que entraremos em contato,” informa Gil Martins.

Ceará sem fome credenciamento site

CREDENCIAMENTO Nº 01/2023 – DAS UNIDADES SOCIAIS PRODUTORA DE REFEIÇÕES USPRs COZINHAS SOCIAIS

EDITAL

CREDENCIAMENTO Nº 01/2023
DAS UNIDADES SOCIAIS PRODUTORA
DE REFEIÇÕES USPRs COZINHAS SOCIAIS

Inscrições prorrogadas até 31/08

Link Formulário Grupos Organizados de Forma não Oficial PESSOA FÍSICA

ANEXO 01

DECLARAÇÃO
GRUPOS ORGANIZADOS DE FORMA NÃO OFICIAL

ANEXO 02

CADASTRO DE GRUPOS
ORGANIZADOS DE FORMA NÃO OFICIAL

Link Formulário Organizações da Sociedade Civil PESSOA JURÍDICA

ANEXO 03

CADASTRO ATUALIZADO DA ORGANIZAÇÃO
DA SOCIEDADE CIVIL FORMALMENTE REGISTRADA

ANEXO 04

DECLARAÇÃO
ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL FORMAMENTE CONSTITUIDA

WhatsApp Image 2023-08-18 at 12.36.41

No mês da Primeira Infância, o Programa Cresça Com Seu Filho Criança Feliz recebe capacitação

No último dia 10 de julho, de 2023O o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a Lei 14.617, de 2023, que faz de agosto o Mês da Primeira Infância, durante o qual deve ocorrer a promoção de ações de conscientização sobre a importância da atenção integral às gestantes e às crianças de até seis anos de idade e às suas famílias.

Atendendo ao apelo presidencial, o Instituto de arte e Cidadania do Ceará através do Programa Cresça com seu Filho Criança Feliz do qual é cogestor, em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social – SDHDS, realizou uma programação de ações que foram desenvolvidas durante o mês de agosto em alusão à Primeira Infância, tendo como público alvo os profissionais que atuam no Programa, as famílias e gestantes acompanhadas, bem como, os indivíduos atendidos nos CRAS dos territórios onde a cogestão é desenvolvida.

A programação teve início dia 04 de agosto com uma oficina voltada para os supervisores e visitadores do Programa Cresça com seu Filho Criança Feliz/IAC que aconteceu na própria sede do Instituto para abordagem do tema:  O Programa Cresça com seu Filho Criança Feliz e sua importância para o desenvolvimento Infantil. E continua até o final do mês de agosto com ações desenvolvidas nos grupos de gestantes, com a participação das supervisoras responsáveis e convidados para uma conversa sobre a Importância da Amamentação para o desenvolvimento infantil e fortalecimento de vínculos entre mãe e bebê.  Paralelamente estão sendo enviados CARDS semanais para as famílias com crianças de 0 a 3 anos acompanhadas, contendo mensagens que estimulam e reforçam a necessidade dos cuidadores oferecerem atenção as crianças nessa etapa do desenvolvimento infantil.  A programação de atividades desenvolvidas durante o mês de agosto em alusão à primeira Infância, que finaliza dia 24 de agosto,  conta também com ação concomitante, na acolhida nos CRAS onde o programa é executado, com apresentação do Programa para comunidade e sensibilização para o tema da primeira Infância.

Sobre a primeira Infância

A primeira infância é o período que vai desde a concepção do bebê até os 6 anos de idade. Pesquisas demonstram que essa fase é extremamente sensível para o desenvolvimento do ser humano, pois é quando ele forma toda a sua estrutura emocional e afetiva e desenvolve áreas fundamentais do cérebro relacionadas à personalidade, ao caráter e à capacidade de aprendizado. A ciência tem comprovado que as experiências vividas na Primeira Infância, desde o período de gestação, influenciam diretamente na formação do adulto que a criança será no futuro. Essa fase é uma janela de oportunidades para que o indivíduo desenvolva todo o seu potencial. Nos primeiros anos de vida, a arquitetura do cérebro começa a se formar.

Saiba mais sobre o Programa

O Programa Cresça com seu Filho Criança Feliz objetiva fortalecer os vínculos familiares entre a pessoa que cuida e a criança que se encontra na primeira infância (0 a 3 anos) e conta com uma equipe de visitadores familiares que fazem semanalmente visitas a famílias com crianças de 0 a 3 anos.

E dentro dessa estratégia da visita domiciliar o brincar é a forma estratégica de aproximação das famílias. E é também através do brincar que há o fortalecimento dos vínculos parentais das famílias com as crianças, porque quando brinca-se com uma criança mostra-se como ela é importante.

Atualmente, o Programa Cresça com seu Filho Criança Feliz atende cerca de 240 crianças e uma média de 200 gestantes nos bairros Jardim das Oliveiras, Messejana, Paupina, Conjunto Palmeiras, Edson Queiroz e Jangurussu.

Conheça todos os programas e projetos do IAC- CE www.iacce.org.br e no instagram @iac.ce acompanhe o dia a dia e as atividades desses programas e projetos

IMG_6739

A Capoeira agrega resultados ao trabalho social do IAC-CE, desde 2016

Desde o início, quando começou a funcionar na atual sede no bairro do Antônio Bezerra, em 2016,  o Instituto de Arte e Cidadania do Ceará, IAC-CE, incluiu a Capoeira em seu cardápio de atividades como alternativa para atrair a comunidade e também fortalecer a convivência comunitária e familiar, oportunizando bem estar aos seus beneficiários com a prática desse tipo de luta que teve origem no Brasil a partir do século XVI, sendo de grande expressividade para a cultura brasileira.

De presença marcante na cultura popular brasileira, a prática ganhou destaque no calendário comemorativo nacional. A data fixada para celebrar o dia da capoeira é o dia 3 de agosto. E é oportuno mostrar como a Capoeira vem realmente transformando vidas no bairro Antônio Bezerra através do trabalho do IAC-CE, pois além da significância cultural, a capoeira trabalha a coordenação motora, aprimora a flexibilidade, equilíbrio e destreza, alivia as tensões do dia a dia, proporciona criatividade e liberdade de movimentos.

Laryssa Ellen Vieira da Silva, ex-aluna de capoeira, do IAC-CE e atualmente professora destaca a importância de preencher o tempo de crianças e jovens expostos à vulnerabilidade social, através do próprio exemplo: “ iniciei a treinar capoeira com 5 ou 6 anos de idade, porque como criança eu queria alguma coisa para fazer, pra não ficar tão desocupada. Ai vi que na escola onde eu estudava a Capoeira era a única coisa que eu conseguia fazer com a minha idade, então fui só como curiosidade mesmo, mas gostei tanto que até hoje pratico a Capoeira. E procuro hoje com o meu trabalho proporcionar a crianças e jovens essa ocupação, pois a capoeira ajuda muito. Tanto na parte física, como na parte psicológica deles”.

 

Dentre os praticantes de Capoeira, no IAC-CE, estão:  Elaine Cristina Rodrigues, Hugo Leandro Rodrigues e Hudson Leonardo Rodrigues, mãe e filhos que juntos têm a oportunidade de aproveitar os benefícios que a Capoeira proporciona. “Eu escolhi a Capoeira porque pra mim é um esporte que utiliza todos os movimentos e como o meu filho estava com predisposição a diabetes o médico recomendou. Mas quando conheci, eu gostei tanto que resolvi entrar também, pois é com a Capoeira que estou aprendendo a ter mais equilíbrio e coordenação motora. Além do que ela nos ajuda a ter um vida mais saudável e mais confiante , além de aprendermos a nos defender”, comemora Elaine Cristina.

Tal testemunho já justifica a importância do trabalho social do IAC-CE através da Capoeira, mas para finalizar é oportuno lembrar que a Capoeira é considerada como patrimônio cultural imaterial da humanidade, misturando esporte, luta, dança, música e brincadeira. E por ter um caráter histórico, vinda do continente africano no século XVI, a atividade é bastante explorada nas disciplinas escolares. Os estudos ultrapassaram as barreiras da teoria e hoje, diversas escolas utilizam a capoeira como forma de auxílio no aprendizado.

Para mais informações sobre a Capoeira do IAC_CE acompanhe o site (www.iacce.org.br/), o Instagram (@iac.ce) ou ligue para (85) 3235-6683